3. Configurar

Até então a arte da fotografia aconteceu somente na nossa percepção, longe do equipamento.

Depois de enxergar e compor a cena apropriadamente, é preciso agora configurar os 3 pilares da fotografia.
 

  • Abertura do Diafragma

  • Velocidade do Obturador

  • Sensibilidade do ISO

Eles funcionam como um triângulo, o triângulo da exposição, onde qualquer alteração em um deles impacta nos demais.

É de extrema importância que seja VOCÊ o responsável pelas configurações, e não a câmera.

Fuja dos modos automáticos! Priorize sempre o Modo Manual ou Semi-manuais (AV, A, TV, S).

Se deixar no modo automático a câmera escolhe tudo sozinha, porém nem sempre será o ideal

para mostrar sua criatividade.

Conclusão: "Antes da hora do clique, ou seja , capturar o momento"

Como decidir quais dessas configurações usar em cada foto?

Ao fotografar, é necessário pensar em cada configuração de acordo com o objetivo desejado para a imagem final. Antes de clicar, se pergunte:

1. Será que quero mais ou menos profundidade de campo? Qual será a abertura adequada para esta foto? Com base nisso, escolha a abertura a ser utilizada.
 

2. Será que quero uma sensação de movimento ou de congelamento? Com base nisso, escolha o tempo de exposição.
 

3. Será que equilibrando os dois itens anteriores consigo uma exposição correta? Com base nisso, equilibre a exposição utilizando o ISO.

É possível equilibrar o triângulo da exposição (abertura, tempo e ISO) em várias combinações possíveis. A combinação final dependerá do efeito desejado.