Lentes e Foco

O Foco e a Profundidade de Campo definem a nitidez da foto:

Onde fica a nitidez (foco)? quantas partes da foto ficarão nítidas (profundidade de campo)?

FOCO

Quando tiramos uma foto, geralmente queremos que nosso assunto principal esteja nítido e visível. Para isso, fazemos o foco nele.

É possível fazer o foco de forma manual ou automática. No modo manual, você gira o anel de foco da lente até que a parte que deseja esteja nítida. No modo automático, você aponta para o assunto, aperta o botão disparador até a metade para que a câmera faça o foco, e depois pressiona até o final para capturar a foto. Procure no manual da sua câmera todas as possibilidades de controle de foco que ela permite.

 

 

 

 

 

 

A distância focal define o campo de visão de uma lente.

A distância focal é medida em mm (milímetros) e define o campo de visão de uma lente. Quanto maior o valor, mais fechado será o ângulo de visão. Quanto menor, mais aberto.

Por exemplo: uma lente 10 mm tem um ângulo bem aberto de visão, e é muito utilizada para fotos de paisagens. Já uma lente 400 mm tem um ângulo bem fechado, e é usada para fotos de assuntos que estão bem longe (como um jogador de futebol ou um leão na selva.)
 

Acima você pode ver alguns exemplos de distâncias focais. O fotógrafo está sempre à mesma distância do assunto: a única coisa que muda é a lente.

 

TIPOS de LENTES

Lentes podem ser fixas ou zoom:

 

Lentes fixas:

São aquelas que possuem somente uma distância focal. Por exemplo: a lente 50 mm só tem este ângulo, e se você quiser incluir ou excluir algo do quadro é preciso dar uns passos para frente ou para trás!

Lentes zoom:

São aquelas que possuem um intervalo de distâncias focais. Por exemplo: a lente 24-135 mm possui o intervalo de 24 mm a 135 mm, e você controla a distância desejada para a foto girando um anel no corpo da lente.

                           Abaixo, o exemplo de uma foto focada e o primeiro plano desfocado.

Uma lente grande Angular para retrato pode distorcer a realidade das coisas, alterando para pior a realidade.

Simulador de Lentes:

Como calcular o fator de corte – e para que ele serve

O fator de corte é utilizado para saber qual será o corte de uma imagem em uma câmera com determinadas lentes. No dia a dia, é mais fácil visualizar isso intuitivamente, mas existe um cálculo que pode ser feito para ajudar na hora de comprar lentes para a sua câmera.

Com um sensor menor, a distância focal entre as lentes fica maior e é com base nessa mudança de distância focal que chegamos ao fator de corte. Por exemplo: um sensor APS-C de 22 x 15 mm faz com que uma lente 31 mm tenha o mesmo efeito que uma lente de 50mm em uma câmera full frame. Basta dividir 50 por 31 para chegar ao fator de corte da câmera, que é 1,6.

Na prática, o cálculo é feito no caminho inverso, com a multiplicação: uma lente de 31 mm vai mostrar o resultado de uma lente 50 mm quando usada em uma câmera com fator de corte de 1,6 (31 x 1,6). Uma lente de 50 mm vai mostrar o equivalente a uma de 80 mm e assim o cálculo segue.

É bom lembrar que isso não interfere no funcionamento da lente, ou seja, o fator de corte não vai mudar o aspecto da imagem feita com aquela lente. No entanto, é importante ter em mente que em uma APS-C as imagens serão mais “fechadas”.

LENTE GRANDE ANGULAR: (Menor que 50 mm)  ex.: 10-35mm
 

  • Com elas você consegue registrar um ângulo bem grande de visão.

  • Boas para: paisagens, arquitetura/ambientes apertados, fotos de grupos.

Características: faz os objetos da foto parecerem mais distantes uns dos outros e costumam distorcer as bordas.



LENTE NORMAL: 50 mm
Este tipo de lente tem o ângulo de visão semelhante ao olho humano, ou seja, não afasta, não aproxima, não amplia, e nem diminui. A distorção da imagem é mínima e geram imagens de boa qualidade.

 

LENTE TELEOBJETIVA: (Maior que 50 mm) ex.: 70-300 mm

Ao contrário das grande angulares, estas são lentes que aproximam o assunto a ser fotografado, geralmente utilizadas para fotografar detalhes de uma grande paisagem, fazer fotos de astros como a lua, etc. Não apresentam distorção das imagens, mas em algumas situações podem causar um efeito de achatamento, semelhante ao que se observa nos binóculos.
 

  • Para fotografar um assunto que está mais longe.

  • Boas para: Retratos e Closes

  • Características: faz os objetos da foto parecerem mais próximos uns dos outros

  •  Reduz profundidade de campo.

  • Fotografar Astros como a Lua e Sol

LENTE MACRO: Você pode fazer fotos bem de pertinho. As lentes Macro são usadas para fotografar insetos e outros objetos e detalhes bem pequenos. Ao comprar a lente procure pela palavra “Macro” na sua descrição e também pelo mínimo de distância de foco (minimum focusing distance) e ampliação (magnification.)